.

.

domingo, 23 de maio de 2010

A mil ...


Folha em branco,
Versos que não são simples,
Pois o simples é complexo.

Pensamento a mil,
Mil motivos a preencher,
Vazio.

O valor, o amor , o pudor
Palavras simples e indefiníveis,
que se encaixam no vazio.

Vazio do eu, do nós e de Vós
Versos únicos com seus motivos,
definidos pelos complexos.

sábado, 15 de maio de 2010

Quinze...


Acorda e ganha um beijo,
é mais um dia,
é dia que os olhos se abriram pro mundo,
mundo que hoje é outro.

Dia que a lua brilha,
Noite que o sol clareia,
Alegria.

Sorriso com uma lágrima,
Tristeza com esperança,
Desafio do comum.

A crença no que é verdade,
e o que é verdade não é verdadeiro,
e quem se importa, o dia é hoje.



"...Metade de mim ,agora é assim
De um lado a poesia, o verbo, a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto... depende de como você vê..."
(O Teatro mágico)