.

.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

A partida da chegada


Caminhar , partir , correr.
Tudo o que se leva
é a trouxa.

É o partir sem abandonar,
caminhando de mãos estendidas,

Para que ao correr ,
o tropeço seja sustentado
com a partida da chegada.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Sintonia

Há que se olhar e admirar
a beleza de teus olhos ,
cheios de lágrimas a brilhar.

Disfarce ingênuo a esperar
Um sorriso meu,
Sintonia.

Sinfonia sem som,
que se completa com um abraço,
e toca o compasso do teu coração.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Serpente

Olhos nas costas
mostra outra realidade,
onde você se esconde.

Sem definição
para seu tormento.
Fuja.

Sua crença sobre as coisas
Não significa acreditar.
Seu descaso,
Não significa importância.

O tempo e as atitudes
revelam que, não é preciso
ter olhos nas costas
para te enxergar.