.

.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

SEM MAIS ...

É tão estranho.

Perder as palavras, rimas e sentidos.

É como te sentir e você não estar.


É viver cada dia e fortalecer,

Só que o mundo é menos colorido

E ninguém pode saber.


Sempre existem outros,

Mas palavras, rimas e sentidos

Sempre serão seus, minha metade do inteiro.

Por isso paro por aqui.