.

.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Enjoo

Quando a estupidez dá bom dia
provoca enjoo.

O mínimo que se espera ,
é muito pra quem não sabe
o valor das palavras.

E qualquer coisa que se faça,
já foi feita.

E o sintoma passa.
É preciso mais que isso para derrubar,
Alguém que sempre está a lutar.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Promessas

Palavras fantasiam um sorriso,
que termina em lágrimas.

O que se quer é o que se tem,
e é tão pouco do tudo que se precisa.

Não esperar é prosseguir.
Caminhar com nó na garganta,
é saber que é preciso digerir.

Pagar um preço pela fé,
Sem meias palavras,
para cumprir o que se quer.

terça-feira, 5 de julho de 2011

Clave de sol

O sentido do completo
de duas metades.
A dor em notas na pauta,
lágrimas do primeiro compasso.

Que afina diariamente,
e de tom em tom,
experimenta o sabor do som.

Clave de sol explode.
Compasso afinado,
chave que entoa o sol.