.

.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

O dia, Abraço, Fim.


O dia que tudo ficou no lugar.
A mensagem secreta,
o coração a explodir.

Abraço.

De corpo, alma e coração.
Parou o tempo, que se foi.
e virou lembrança.
Que de vez em nunca, revive.

Reflete e entristece.
Vejo o que não vive.
O sorriso amarelo,
A felicidade instantânea.

Fosco.
Compelido,
Vazio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário