.

.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Depois dos espinhos



Rosas.
Brancas, vermelhas e amarelas. 
E nesse momento todas as cores.

Livraste de todo mal, 
para receber o bem.

O bem que se faz,
que se quer,
que se deixa,
manifesta e assume.

Cuida, rega e
corta espinhos.

2 comentários:

  1. Fazia tempo que não escrevia... que bom que as coisas estão bem e que os espinhos estão sendo cortados...

    ResponderExcluir
  2. Anônimo.
    O renascer‚florescer tem seu tempo.
    é necessário não deixar de acreditar no que virá. Pois nem todo caminho precisa ter espinhos...

    ResponderExcluir